RED Canids no Mundial de LoL 2021

Nesta terça-feira, dia 5 de outubro, acompanhamos o início do campeonato Mundial de League of Legends, e a RED Canids, campeã do CBLOL, estava lá para nos representar. E vamos conversar sobre como foram os jogos.

 

Antes da RED ir para a Islândia, onde está acontecendo o Mundial, eles passaram dez dias na Espanha, para treinar com times diferentes e jogar no servidor da Europa, que tem um nível maior do que no Brasil. Os donos do time foram para acompanhar tudo a ir mostrando para a torcida o dia a dia dos jogadores, pelo Instagram e Twitter.

Após os dez dias de treinos, todos falaram que foram treinos muito bons, que conseguiram evoluir e que estavam mais preparados para o campeonato.

 

O Brasil jogou a fase de entrada, que dá quatro vagas para os melhores colocados, dois de cada grupo, jogarem o campeonato principal. Foram dez times divididos em dois grupos. Cada time jogou uma vez contra cada adversário do grupo. Após os jogos, o primeiro colocado garantia uma vaga direta, para a decisão do segundo lugar, o terceiro e quarto colocado, de cada grupo, jogavam uma melhor de cinco para enfrentar o segundo colocado do outro grupo. Assim, quem ganhasse a segunda melhor de cinco, garantia a vaga.

O grupo A era composto pela LNG Esports,  Hanwha Life Esports, PEACE, RED Canids e Infinity, o grupo B era composto pela DetonatioN FocusME, Cloud9, Galatasaray Esports, Beyond Gaming e Unicorns Of Love.

 

No primeiro dia, a RED jogou contra a Infinity e conseguiu sair com a vitória. No início do jogo a Infinity conseguiu colocar um ritmo de jogo que a RED não conseguiu acompanhar, fazendo com que o adversário conseguisse vantagem, mas no meio do jogo a RED conseguiu retomar a vantagem, conseguindo fechar o jogo com alguns vacilos da Infinity.

O segundo e o terceiro jogo foram contra times coreanos, então foram jogos muito difíceis, com um nível de jogo muito acima do que vemos aqui no Brasil, e a RED não conseguiu a vitória nos dois jogos.

E o quarto, e último jogo, foi contra a PEACE, que todos consideravam o time mais fraco do grupo, porém, a RED não conseguiu sair com a vitória novamente. E na entrevista final, com o TitaN, atirador da RED, ele disse que foi um teste pois mesmo eles perdendo três jogos, já estavam classificados para jogar a melhor de cinco contra o terceiro lugar do grupo, que foi a PEACE. E assim acabou a fase de grupo, com a LNG em primeiro (4-0), Hanwha em segundo (3-1), PEACE em terceiro (2-2), RED em quarto (1-3) e Infinity em quinto (0-4).

 

Na sexta-feira, foi o dia decisivo para a RED. Pois se perdessem a melhor de cinco acabava ali a participação do time brasileiro no mundial.

No primeiro jogo contra a PEACE a RED jogou muito bem, com uma atuação incrível do TitaN, acredito que foi a melhor atuação de um jogador brasileiro em campeonatos internacionais que já vimos. Mesmo com uma atuação ruim no início de jogo do Guigo, topo do time da RED, conseguimos sair com a vitória.

O segundo e terceiro jogo foram bem parecidos. A PEACE impôs um jogo muito rápido e tudo dava certo para eles, mesmo perdendo algum jogador nas fights ou em alguma situação dentro de jogo, conseguiam levar uma torre, um dragão, ou algum objetivo pelo mapa, assim, conseguindo a virada para cima do time brasileiro.

Para o quarto jogo, o coach brasileiro decidiu fazer uma substituição do jogador do meio do time da RED, saindo Grevthar e entrando Avenger. Isso deu um ânimo novo para o time, conseguiram fazer tudo que queriam dentro de jogo e as coisas deram certo, fazendo com que a RED saísse com a vitória.

E fomos para o quinto e último jogo. Foi um jogo parecido com o segundo e terceiro, time da RED foi apático, nenhuma jogada dava certo e a PEACE pegou uma grande vantagem desde o começo do jogo, não sendo possível o time brasileiro conseguir jogar livremente, qualquer jogada que tentavam o adversário já estava afrente.

E após essa derrota, a PEACE finalizou a melhor de cinco saindo com a vitória de três jogos contra dois do time da RED.

 

A RED é uma equipe jovem, dos seis jogadores que jogaram nesse mundial, cinco estavam em sua primeira participação em campeonatos internacionais, então foi um grande aprendizado para todos.

 

Comente aqui o que você achou da campanha brasileira nesse Mundial de LoL e o que espera daqui para frente.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*