1ª Festa da Imigração Japonesa em Itaguaí: saiba como foi o evento!

Nos dias 04 e 05 de junho, a prefeitura da cidade de Itaguaí realizou a 1ª Festa da Imigração Japonesa, que contou com várias atrações e apresentações que traziam muito da cultura nipônica aqui para o Rio de Janeiro! Muita gente não sabe, mas essa cidade da Costa Verde abriga a maior colônia Japonesa do estado do Rio. Tanto os imigrantes quanto os nikkeis – seus descendentes –  buscam preservar a história que herdaram da terra do sol nascente.

E como se trata de uma cultura muito rica, não faltou diversidade para entreter o público! Foram shows, apresentações de luta, apresentações musicais, oficinas, exposições de produtos cultivados, bonsais, concurso cosplay, além da deliciosa culinária japonesa. Tudo isso pode ser conferido no Parque Municipal de Itaguaí com entrada gratuita.

Claro que o NEXP não podia deixar de marcar presença, não é mesmo? Conferimos de pertinho esse evento incrível e vamos contar tudo para vocês!

As oficinas:

Para quem estava interessado em colocar a mão na massa e aprender na prática um pouco da cultural tradicional do Japão, havia oficinais de Ikebana, escrita japonesa, origamis e a queridinha da galera mais jovem: desenho mangá!

Todas as oficinas foram realizadas com muito carinho e atenção por parte de seus respectivos professores, dedicados a ensinar não só a técnica, mas também a história de cada uma dessas artes.

Por exemplo, a oficina de Ikebana – a arte japonesa de preparar arranjos de flores e plantas em água – é muito mais do que enfeitar um adereço natural: a professora desta oficina, Marcia Okasaki, ensinou com muita desenvoltura e simpatia como a elaboração de um Ikebana segue a filosofia de estudar a estrutura dos caules, para onde ele se curva e nascem suas folhas e assim posicionar também as flores nos ângulos e posições harmoniosas.

A função dessas magníficas composições florais japonesa vai muito além da estética: é promover harmonia entre vida e natureza. Criar seu Ikebana e colocá-lo para adornar sua casa traz boas energias para o seu lar. O termo Ikebana significa “trazer flores à vida”.

Ao final de cada oficina, o participante pode levar para casa sua própria arte.

A decoração do espaço:

Para quem curti fazer suas fotos diferenciadas, o lugar estava na medida certa!  Dispostos no centro do evento e abrigados do sol e da chuva, estavam um jardim japonês com sua tradicional ponte vermelha, uma boneca kokeshi tamanho humano, uma réplica da torre de Miroku e uma estátua de um samurai com uma máscara de oni, montado a cavalo.

Além disso, o local estava belamente adornando com arranjos de cerejeiras com suas sakuras, as flores dessas árvores que são cartão postal da primavera japonesa. Também haviam arranjos em bambus e uma árvore dos desejos!

As Atrações:

É claro que o palco da 1ª Festa da Imigração Japonesa estaria repleto de atrações! Além de shows, lá também se apresentaram algumas misses Nikkei dos últimos anos, além de uma performance de Taiko Komio – uma percussão musical com tambores – e diversas mostras de artes maciais. E como não poderia faltar, o super popular concurso de cosplay, com premiação em voucher na loja Paraíso de Cosplay para os três primeiros colocados! Nem é preciso dizer que atraiu uma multidão de fãs caracterizados como seus personagens favoritos!

As Exposições:

Diversos produtos orgânicos cultivados pela colônia agrícola japonesa de Itaguaí poderiam ser vistos e também adquiridos pelos consumidores. Os painéis explicavam não só os processos de cultivo, como também a importância da agrofloresta. O grande sucesso desses produtos são chips feitos com banana! A exposição de bonsais também era muito apreciada pelos visitantes, com muitas unidades a venda para o público.

A culinária:

A saborosa comida japonesa também foi muito bem apresentada para quem quisesse se deliciar! Os tradicionais tempura, yakissoba, bentô, sushi e sashimi estão à venda na área de refeições, junto com outras opções – muitas até adaptadas ao ocidente, como o hambúrguer artesanal frito com algas – e doces diversos. Apesar da seleção de pratos ter sido muito boa, certamente um pouco mais de variedade e de opções permitiria ao público uma maior experimentação da culinária japonesa.

Sentimos falta de estandes vendendo produtos japonese, além dos alimentos vendidos na exposição de produtos orgânicos e dos bonsais, não havia mais opções para quem quisesse trazer um pouco do Japão para sua casa. Gostaríamos de ter visto estandes com venda de roupas, adereços, quimonos, almofadas, itens de decoração, utilidades domésticas, livros, mangás e etc. Fica aqui nosso pedido para a próxima edição: nós queremos levar mais da cultura japonesa que vivenciamos nesse evento para nossa casa!

A 1ª Festa da Imigração Japonesa foi realizada em parceria do Instituto Cultural Vale, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Parabenizamos a prefeitura de Itaguaí pela espetacular iniciativa e a todos os envolvidos por nos proporcionar um evento tão divertido e culturalmente rico! Obrigado, colônia japonesa de Itaguaí, por manter vivas as tradições que nos encantaram nesse lindo evento.  Já estamos ansiosos pela 2ª Festa da Imigração Japonesa em Itaguaí!

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*