Two Hues – Resenha Episódio 3 – Hisuian Snow

A minissérie de Pokémon baseada na região de Hisuian ganhou mais um episódio bem legal intitulado Two Hues. Alec continua sua jornada para compreender ainda mais os Pokémon e mostrar que ambas as espécies, humanos e Pokémon, podem coexistir.

Para assistir o episódio Two Hues, basta clicar no vídeo abaixo:

 

Neste terceiro episódio, o foco está nas Fendas Distorcidas que, nos jogos, apresentam Pokémon mais fortes e raros, além de itens. Esse fenômeno está deixando os moradores do Jubilife Village assustados, já que eles não sabem do que se trata e está acontecendo cada vez mais. Alec, que chegou no vilarejo recentemente, da o primeiro passo para tentar entender o que está acontecendo. O seu pai e os demais moradores, ainda são bem contraditórios com a decisão de se envolver com os Pokémon.

No entanto, a líder do vilarejo concorda com o Alec mais no sentido de tentar descobrir o que está acontecendo, principalmente para proteger Jubilife de qualquer ameaça. Uma jornada para Alabaster Forest começa. Logo de início eles descobre dois Pokémon selvagens protegendo seus filhotes. Dois Abomasnow protegem suas crias de um Garchomp Alpha.

Os Pokémon Alpha são monstrinhos mais fortes e agressivos, inclusive possuem um tamanho maior do que normal. Os dois Abomasnow estavam protegendo os filhotes de um Alpha e, com os humanos, conseguiram manter o território.

Alec se ofereceu para auxiliar os Pokémon machucados, assim como o Zorua ajudou ele nos primeiros episódios. No final de todo essa confusão na floresta, o Garchomp Alpha foi contido pelo Zoroark (o Zorua dos primeiros episódios, só que evoluído) e os humanos, juntamente dos Pokémon, foram salvos.

Two Hues Pokémon Hisuian

Voltando para o vilarejo principal, todos ficam comovidos com a situação que eles passaram e começam a entender que é possível coesxistir com os monstrinhos.

Essa minissérie é animada pelo WiT Studios e já conta com três episódios! Confira a resenha dos dois primeiros:

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*