Cobertura exclusiva da Ucconx

 Ontem (28), eu fui na Ucconx com uma amiga e decidi falar um pouco da minha experiência e opinião. 

  Eu cheguei no evento por volta das 11h da manhã e fiquei até as 16h da tarde. Como cheguei cedo, o lugar não estava cheio então não tive problemas para entrar e retirar a pulseira que serve como carteira na feira, acho importante ressaltar que eu comprei os ingressos antecipados e só tive que retirar a pulseira. 

 A primeira coisa que se vê ao entrar no local é uma placa gigante com um mapa e um painel com as direções. O estande da Bádiu e a Escola de Magia e Bruxaria do Brasil (EMB), foi muito legal. Para quem gosta de Harry Potter e tem vontade de conhecer ou já ouviu falar da EMB, o estande vale muito a pena. Nele você pode ter aulas breves de Botânica, Feitiçaria, Adivinhação e Poções. Os professores são maravilhosos e te contam um pouco sobre o mundo mágico brasileiro e a EMB que fica em Campos do Jordão. 

 Daqui para frente foi só para trás, tirando o estande da EMB, não tinha muito o que fazer na feira. Haviam várias “barracas” montadas para artistas independentes ou editoras mas a maioria estava vazia e se tinha três barracas com alguma coisa era muito.

 A parte da ásia que tinha no evento era um telão que mostrava alguns lugares e paisagens da China, Japão e a Coreia do Sul, eu achei bonito e muito legal, mas eu senti que poderia ter mais coisas como comidas típicas, um lugar específico para animes, artesanatos chinês e outras coisas. 

 Sobre a parte relacionada aos jogos, além dos ingressos era necessário pagar para entrar na parte principal onde ficavam os computadores. A parte de graça era legal e tinham uma boa variedade, joguei Street Fighter com a minha amiga, porém o problemas foi que nas máquinas a maioria dos botões não estavam funcionando.

 E em relação às atrações como a do Rupert Grint e a Millie Bob Brown, você tinha que pagar à parte para tirar foto e para participar da palestra e o preço pode chegar de mil e duzentos reais a cinco mil.

 Em conclusão, na minha opinião, a feira foi divertida mas tirando o estande da EMB, eu achei que a feira não vale a pena. O ingresso é caro para poucas atrações e variedade, principalmente em questão de lojas, e mesmo adorando o Rupert Grint eu não tenho condições e não vale a pena pagar cinco mil reais por uma foto.

  Vale ressaltar que eu não mencionei a área de Skate, pois como eu não ando para mim não fazia diferença, então essa parte da feira eu não sei dizer se é legal 

E vocês, o que acharam da feira? 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*